Trezentos

O início de uma multidão
O deputado federal Nelson Marchezan Jr. (PSDB-RS) apresentou na Câmara dos Deputados o PL 7759/2014, que “[a]ltera a Lei nº 9.454/1997, que institui o número único de Registro de Identidade Civil e dá outras providências, tornando obrigatória a identificação biométrica para a emissão de documento de identidade”. Pois é, a lei está a alguns passos de completar 20 anos e ainda não pegou, mas tem quem insista em emendar uma lei que já deveria ter sido despachada para algum planeta perto de Andrômeda. Este projeto condiciona a participação no Cadastro Único à coleta de dados biométricos do participante (dado biométrico este de livre escolha do Poder Executivo) e dá um prazo de seis anos para revogar todos os documentos de identidade que estiverem de acordo com tal procedimento. Pois bem, na justificativa do PL, temos as “vantagens” de criar um banco de dados biométricos sem precedentes no país:

Entre as inúmeras vantagens, está a maior eficiência e eficácia na proteção contra o tráfico de pessoas, articularmente mulheres e crianças, e a possibilidade da identificação inequívoca (sic) de pessoas em locais de grande aglomeração e nos transportes públicos intermunicipais, interestaduais e internacionais (grifo meu)

Deixando de lado a questão da “identificação inequívoca (sic)” de lado, que será abordada logo a seguir, o sr. Marchezan cita como uma “vantagem” do seu PL a identificação de pessoas em transportes públicos intermunicipais. Sim, haveria alguma vantagem em tu teres que te identificar para tu ires, sei lá, de Porto Alegre a Canoas de ônibus ou Trensurb. Já que eu não vejo vantagem alguma nisso, eu tuitei isto:
Eis que, inesperadamente, eu recebo uma resposta do sr. Marchezan: “Não é isso.” Se “não é isso”, então por que uma das “vantagens” do PL é “a possibilidade de identificação inequívoca (sic) de pessoas em locais de grande aglomeração e nos transportes públicos intermunicipais”? Aliás, qual é a razão para identificar-se inequivocamente alguém que utiliza transporte público intermunicipal? É para saber para aonde esta pessoa está indo? Esta “identificação inequívoca (sic)” é razoável? É proporcional? E a identificação em grandes aglomerações? O que é uma “grande aglomeração”? Mais de duas pessoas? Se tu não tens obrigação legal de portar documento de identidade contigo, por que tu haverias de portar um documento de identidade do Cadastro Único?
Aí tem uma matéria na Agência Câmara Notícias sobre o PL, com a seguinte frase:

O autor da proposta argumentou que a Justiça Eleitoral vem utilizando o sistema biométrico com sucesso

Exceto se o sr. Marchezan contestar esta afirmação, dou-a como expressada pelo sr. Marchezan. E para solidificar meu argumento, trago mais uma passagem da justificativa do PL:

A identificação biométrica já é adotada pela Justiça Eleitoral, assim como a autenticação biométrica pelo Supremo Tribunal Federal, que também vem sendo experimentada pelo sistema bancário brasileiro, comprovando-se um sistema seguro, confiável e de rápida operação.

ATENÇÃO! ESTE PROJETO DE LEI FOI APRESENTADO NO DIA 17 DE OUTUBRO DE 2014, PORTANTO, APÓS O PRIMEIRO TURNO DAS ELEIÇÕES GERAIS DE 2014, REALIZADO NO DIA 5 DE OUTUBRO DE 2014. Bom, eu venho coletando desde o dia 5 de outubro, exemplos do desastre que foi o uso de identificação biométrica nas eleições, ao ponto do presidente do TRE do Rio de Janeiro dizer que “as urnas biométricas foram uma solução para um problema inexistente”. Lembrando que, somente em Niterói, 12,44% das pessoas não foram identificadas pelas urnas biométricas, após oito tentativas com oito dedos diferentes! Além de esperas de horas nas filas de votação (em Teresina as filas chegaram a três horas). “Um sistema seguro, confiável e de rápida operação”…

Este vídeo mostra a segurança da identificação biométrica…

Outra justificativa do PL seria esta:

Observe-se que o projeto de lei em pauta, ao lado de determinar que a identificação de todos os cidadãos em nosso País passe a ser efetuada por método biométrico, reforça o cumprimento da lei que instituiu o número único de Registro de Identidade Civil.

“[O] cumprimento da lei [9454/1997]“… É isto mesmo que tu estás lendo. A identificação biométrica reforçaria o cumprimento duma lei que não pega há 17 anos, 7 meses e 13 dias até hoje. Lembrando que o art. 6º da dita lei, cujo cumprimento terá o reforço da biometria, previa que os documentos em desconformidade com a lei seriam considerados inválidos em cinco anos. Artigo este revogado pela Lei 12058/2009, porque, bem, é uma lei que pegou… E tem outra também, tem a questão da constitucionalidade da Lei 9454/1997, algo que foi lembrado aos colegas do sr. Marchezan:

Mas o representante do Ministério da Justiça, Marivaldo Pereira, argumentou que seria inconstitucional obrigar os estados a aderirem ao sistema unificado, o que levou inclusive à modificação da lei, que previa inicialmente um número que unificaria todos os documentos.

E se nós ficarmos na discussão entre privacidade e autonomia dos estados, teremos muito pano para manga. E vamos falar de coisa práticas. O teste do RIC foi suspenso pois “o ministério da Justiça identificou falhas no sistema de segurança”. E sabes quanto isto custou? Dou-te os números:

O desgoverno federal torrou R$ 90 milhões para produzir 14 mil cartões CU, ou seja, custa a bagatela de R$ 6.428,57 per capita para darem entrada no CU. Considerando os cartões CU válidos, chegamos a fabulosa quantia de R$ 1.730.769,23 per capita por cartão válido.

Sim este é o CUsto do Cadastro Único, quase dois milhões de reais por um cartãozinho.

Agora, seja pela “identificação inequívoca (sic) de pessoas em locais de grande aglomeração e nos transportes públicos intermunicipais” ou pelo projeto em si, eu não sentirei saudade deste projeto quando este provavelmente expirar graças ao decurso da atual legislatura.

Postado no Não Sou Um Número.

Por - Leia mais (0)
 

Sobre o “Inserator”, programa encontrado no sistema de votação do TSE

Entrevista a Fernando Barros Para matéria na revista INFO Exame Prof. Pedro Antonio Dourado de Rezende Departamento de Ciência da Computação Universidade de Brasília 25 de setembro de 2014 Fernando Barros: 1. De que forma o Inserator pode manipular dados ou facilitar fraudes? Pedro Rezende:   O Inserator tem por finalidade explícita a criação de scripts para [...]

Em 17 out 2014 por - Leia mais (0)

Estamos disputando ideologias ou estamos entrando numa guerra?

Ando vendo com preocupação o tom que esta sendo dado à esta disputa eleitoral. Vejo o ódio acima da razão com preocupante frequência. Tem gente tratando o adversário político como inimigo. Vi um cara que escreveu que tem de fuzilar o PT, porque o PT é o inimigo, vejo também agressividades do lado Petista. Isto [...]

Em 8 out 2014 por - Leia mais (0)

A falta que a inclusão digital fará…

Dilma agora vai sentir falta da inclusão digital que o Paulo Bernardo não fez, ao invés disto fez a inclusão do Facebook via mobile. Para quem não entendeu, Paulo Bernardo desmontou a Telebras quem faria a gestão do backbone local do PNBL(1), entregou tudo às empresas de Telecom, que ao invés de promoverem inclusão digital [...]

Em 6 out 2014 por - Leia mais (2)

ATUALIZADO EM 6 DE OUTUBRO – Eleições e biometria. Um desastre com o dedo do TSE

ATUALIZAÇÃO NO DIA 6 DE OUTUBRO 8,5% dos eleitores não puderam ser identificados biometricamente onde houve eleições com urnas biométricas. Isto dá algo como 1.836.000 eleitores, semelhante a população da cidade de Curitiba. Mas são apenas centenas de milhares de casos isolados. E não estamos falando de pessoas que não foram identificadas na primeira até [...]

Em 6 out 2014 por - Leia mais (0)

Por que (e como) votar LGBT

Tá difícil ouvir, semana sim semana também, mais um caso de violência por ódio contra LGBTs. Ou assustar-se com os candidatos que prometem enfrentar (sic) essas minorias. Ou saber que boa parte da classe política (mesmo em setores à esquerda do centro) trata as questões das minorias como… questões menores; e por isso acha normal [...]

Em 3 out 2014 por - Leia mais (0)

Carta aberta a meus amigos de direita

Aos meus amigos de direita, tenho acompanhado seus posicionamentos, e tenho visto várias aproximações e comparações, que não necessariamente fazem sentido. Por exemplo relacionar a maturidade, status social, o fato de ser empreendedor ou não com a opção política. Teve até um post bem interessante que relacionava o processo de tentativa de consenso do método [...]

Em 3 out 2014 por - Leia mais (0)

Para Bárbara, Software Livre com amor

Querida amiga, você pediu por uma resposta. Ela é longa e bem intencionada. A faço pública porque suas dúvidas e receios são também de outros. Na Campus Party Brasil de 2014 tive o prazer de te conhecer, Bárbara Tostes. Naquele, então, estavas na equipe de curadores do eixo temático do Software Livre e te mostrastes [...]

Em 30 set 2014 por - Leia mais (0)

Exiga a nossa privacidade

Nestes últimos dias tem rolado um viral sobre a questão do vigilantismo e sobre os cuidados que devemos ter com nossa privacidade. O vídeo é muito bom e recomendo a todos que assistam (em inglês): https://www.youtube.com/watch?v=TnDd5JmNFXE Depois de vê-lo, se quiser, leia meu comentário: A parte que me parece não estar 100% correta é colocar [...]

Em 28 set 2014 por - Leia mais (0)

OBTIVE UMA RESPOSTA, RUIM, DIGA-SE DE PASSAGEM. Fiz um pedido de informação sobre o uso de biometria nas eleições.

Demorou menos de 24 horas para eu receber uma resposta ao meu pedido de informação. Mais no final.Para quem não sabe, o artigo 5º da Lei 12034/2009, que tratava do voto impresso e do uso de biometria para identificação de eleitores, foi declarado inconstitucional pelo Supremo Tribunal Federal no curso da ADI 4543. E a [...]

Em 25 set 2014 por - Leia mais (0)

O PAPEL NEFASTO DO ITAÚ CULTURAL NA VIDA NACIONAL

Por Carlos Henrique Machado Freitas É praticamente impossível, no mundo institucional de cultura, ouvir algo que não tenha a influência do Itaú Cultural. E esta influência tem sido marcadamente diversa no mundo das artes, no sentido estrito do termo. Mesmo para os padrões razoavelmente intelectualizados nas academias, o tipo de exotismo institucional imposto pelo padrão [...]

Em 20 set 2014 por - Leia mais (0)

Menos Linux e mais GNU

Em tempos de marcas globais, o pinguim do Linux passou a ser sinônimo de opção de sistema operacional. Em quase todas as embalagens, lojas on-line e até sites de download de programas, lá aparece o Tux para referenciar “o Linux”. Mas não passa disso. Você sabia que o nome do pinguim do Linux é Tux? [...]

Em 6 set 2014 por - Leia mais (1)

Selfies, conspirações e o fim dos tempos

Prof. Pedro Antonio Dourado de Rezende Departamento de Ciência da Computação Universidade de Brasília 2 de Setembro de 2014 No final de julho, certas matérias da Folha de São Paulo foram citadas em duas listas de discussão que participo, onde geraram comentários e uma troca de mensagens que me permitiu experimentar, na prática, como certas [...]

Em 2 set 2014 por - Leia mais (0)

E para variar, o Nota Fiscal Gaúcha não decola

A Rádio Gaúcha reporta que o programa de monitoramento de compras chamado Nota Fiscal Gaúcha completou dois anos. Aí a notícia descamba para o fato de após dois anos, o NFG tem pouca capilaridade no estado. Como diz a reportagem: Na Capital, 17% dos moradores está cadastrado no programa. No entanto, a participação é menor [...]

Em 12 ago 2014 por - Leia mais (0)

EVOT – Cultura Digital que educa

A era das relações interconectadas já é uma realidade nestes tempos onde as essas eras são cada vez mais curtas. A velocidade com a qual se reposiciona o prisma, cujo ângulo define, qual é a vertente do momento, é cada vez maior. Passamos pela era do capital, da informação, do digital, e o desafio instantâneo [...]

Em 11 ago 2014 por - Leia mais (0)

Os perigos do Facebook grátis e o novo projeto de Zuckberg

Prezados e prezadas, enquanto alguns estão animados com o internet.org, o novo projeto filantrópico do Facebook que é sobre uma aplicação para celular que permite que pessoas pobres do terceiro mundo consigam ter acesso gratuito à alguns serviços selecionados, eu só tenho preocupações. Por exemplo, eles não tem a menor vergonha de dizer que seu [...]

Em 4 ago 2014 por - Leia mais (3)