Trezentos

O início de uma multidão

O aborto em 3 pílulas.

Essa hipocrisia gera hemorragia – Funciona assim: se você tem como arrumar dinheiro, faz o aborto em uma clínica segura.

É simples. Faz uma consulta na clínica, conversa com o médico, marca o procedimento e volta no dia marcado. Sai de lá rapidinho, aliviada. Pode ir trabalhar ou encontrar os amigos. Em São Paulo, pela bagatela de R$ 2.500,00, seu problema tá resolvido.

Mas, se você não conseguiu juntar todo esse dinheiro – o que acontece na maioria das vezes – existem outras clínicas menos personnalité, mais baratas, com recursos técnicos de menor qualidade, e também tem a opção de arrumar um citotec.

Essas alternativas também podem ser feitas de maneira tranqüila, ou você pode se deparar com algumas complicações.

O remédio pode ser falsificado e não funcionar. Se você não tem um médico de confiança e vai pra um hospital qualquer, corre o risco de ser denunciada e presa. Ou te atendem mal, você fica lá ouvindo diversas besteiras. Ou, ainda, se chegou lá cedo (antes do fim do aborto), eles podem tentar impedir a conclusão do processo. Entre outras histórias que você já deve ter ouvido por aí.

Mas, quando tudo passou, a sensação de alívio é a predominante.

***

Nem papas nem juízes: as mulheres decidem! – Aí passa um tempo e sai no jornal a notícia: Clínica de aborto é fechada. E é a clínica que tem a sua ficha. E aí vem a insegurança de novo.

Você lembra que quando fecharam uma clínica, no Mato Grosso do Sul, quase 10 mil fichas de mulheres foram apreendidas.

Só (!) 2,3 mil serão indiciadas. E algumas mulheres já estão sendo obrigadas a fazer serviço comunitário. Em creches, porque os juízes acham que isso vai fazer com que as mulheres reflitam sobre o que elas fizeram. Eles querem que elas se arrependam, ou que se sintam culpadas. Eles acham que elas não pensaram direito sobre isso, nunca imaginariam que elas decidiram sozinhas que não era o momento – por qualquer motivo – de serem mães.

Eles acham que a maternidade é o destino obrigatório para as mulheres. Quase divino. Eles esquecem que mulheres que já são mães também recorrem ao aborto por não querer outro filho no momento. Enfim, eles acham um monte de coisa, baseados em outra crença deles: que eles sabem o que é melhor pras mulheres, que as mulheres não têm capacidade de decidir.

***

Se os homens engravidassem, o aborto seria legal - O aborto é uma realidade porque é uma necessidade pra muitas mulheres. É uma necessidade porque nenhum método anticoncepcional é 100% seguro e a gravidez indesejada pode acontecer.

As relações entre homens e mulheres são desiguais, e são relações de poder. Isso se expressa, por exemplo, na violência contra a mulher – que escandaliza a sociedade (só as vezes). Mas também se expressa na recusa dos homens de usar camisinha, sob vários argumentos. Cada mulher que ler isso aqui deve conhecer pelo menos um deles. E cada homem que ler isso aqui já deve ter usado pelo menos um deles.

O fato é que muita gente já transou sem camisinha.

Quando acontece uma gravidez indesejada, o homem envolvido na história fica preocupado também.

Mas a gravidez indesejada é no nosso corpo. Foi a nossa menstruação que atrasou. Somos nós que podemos ser processadas. Somos nós que corremos o risco de ser humilhadas no hospital. No fim das contas, sabemos que, por mais que avance (a passos lentos) na sociedade a responsabilidade dos pais sobre os filhos, somos nós que vamos ter que atrasar os estudos, prejudicar a carreira, deixar de ir às festas em qualquer dia da semana. Cada mulher que passou por uma gravidez indesejada sabe o que passou pela sua cabeça.

Post to Twitter Post to Delicious Post to Digg Post to Facebook Post to MySpace Post to Ping.fm Post to StumbleUpon

63 comentários para “O aborto em 3 pílulas.”

  1.   Maria Lucia disse:

    É por isso que o filme “O aborto dos outros”(documentário) deveria ser obrigatório para todos os operadores do direito e da polícia. Se pensassem que teriam dividir o medo, a vergonha, às vezes, o terror (quando não se tem condições financeiras) que as mulheres que decidem fazer um aborto passam, se tivessem que dividir a pena pela metade com suas parceiras (isso quando fossem encontráveis) acho que o aborto já seria legal.
    Tem outro filme 4 meses, 3 semanas e 7 dias (ou algo parecido), que ganhou vários prêmios em festivais internacionais de cinema,e que deveria fazer parte da videoteca básica de todos e todas. A tensão que se vê ali nas 2 jovens e o contexto opressivo de país do Leste Europeu é uma brilhante amostra da triste realidade do aborto no mundo. O direito civil da integridade da pessoa não vale ainda para milhares de mulheres brasileiras e de outros rincões do mundo.
    Fora a hipocrisia de quem condena o aborto dos outros: muitos homens quando tem um filho que engravidou a namorada que precisa recorrer a um aborto ou acontece consigo mesmo, aí a coisa muda de figura. Na verdade é uma ideologia e uma prática de controle sobre os corpos das mulheres.

  2.   Maria Fernanda disse:

    Se os homens engravidassem, o aborto seria legalizado!

  3.   Anônimo disse:

    Passei por isso ao lado da minha ex-namorada: gravidez indesejada ou burrice de nossa parte. Mas, em todo momento, a decisão foi nossa, eu a acompanhei durante o processo, levei, fiquei com ela na clínica, saimos, passamos uns dias juntos, refletindo em tudo e em todos. E nas consequencias que poderiam vir, onde eu estaria ao lado dela sempre! É terrivel essa sensação e só quem passou sabe falar!

  4.   Felipe disse:

    A mulher tem direito de fazer o que quiser com seu corpo, só não tem o direito de fazer o que quiser com a vida alheia, a vida de um ser vivo indefeso. Aborto é homicídio e é crime e esse texto é apologia a crime, além de estar impregnado de grande egoísmo e feminismo tolo. Se não querem ter outro filho cuidem-se.

  5.   @anarina disse:

    O Felipe mora em outra dimensão, só pode ser…

  6.   Anônimo disse:

    Pena que a tal vida alheia, de um ser vivo indefeso, estaria dentro do meu corpo, com o qual eu tenho o direito de fazer o que eu quiser. E aí? É fácil falar pras pessoas se cuidarem. Mas nem sempre a gravidez indesejada é causada por descuido. As chances são pequenas, mas pode acontecer de a pílula falhar E a camisinha estourar. A mulher pode ser estuprada. E aí? É fácil falar quando acontece com os outros. Crime é colocar gente indesejada no mundo. Na maioria desses casos, os pais não têm condições financeiras pra nada, e o que acontece? Mais um pra estudar nas maravilhosas escolas públicas, pra ser abandonado nas ruas, pra roubar, matar, estuprar. Círculo vicioso. Exagero? Acho que não.

  7.   Bordeaux disse:

    Estes argumentos de gente que falam sobre “vidas indefesas” é a maior hipocrisia, porque quando viramos pessoas adultas o Estado nos abandona muitas vezes a familia nos abandona e a sociedade nos julga a cada dia fazendo nos sentir piores. A mulher deve decidir o que ela quer fazer, muitas vezes o mundo nos faz sentir indesejados mesmo sendo adultos.

    Argumentos contra o aborto sao argumentos mediocres e puritanos, nao levam a sociedade a lugar nenhum, o BRASIL JAZ NA HIPOCRISIA!

  8.   Felipe disse:

    Não é à toa que o nome do Blog é 300 e o tema remete a sangue. @anamarina, se sou de outra dimensão certamente não é de Esparta que venho. Vocês já viram um aborto? Procurem no youtube por aborto e assistam alguns vídeos, e pensem bem no que defendem. A sociedade que nos julga e que faz você se sentir pior Bordeaux é a mesma que quer legalizar o aborto.
    Muitos dos seus argumentos podem ser respondidos aqui.
    http://www.acidigital.com/vida/aborto/mentiras.htm

  9.   Haroldo disse:

    Caro Felipe.

    Li o texto que você sugeriu. Não sei o que é pior, se o nível infantil das perguntas ou se o direcionamento das respostas… Por exemplo, dizer que é errado aborto em caso de estupro porque na maioria das vezes não ocorre gravidez depois do estupro é coisa de quem não vive a realidade! Dizer que o número de abortos em países desenvolvidos aumentou depois da legalização é uma estupidez, pois é óbvio que ocorre aumento de casos registrados porque as mulheres que fariam aborto clandestino vão realizar um aborto legal, devidamente registrado. Fica claro o nível das respostas no texto, escritas por pessoas que procuram na religião a resposta para tudo.

    Não vou nem comentar o número de filhos que são abandonados pela dificuldade na criação ou mesmo pela rejeição dos pais, outra realidade não contabilizada pela sociedade. Só quem realmente passa por uma gravidez sabe que o aborto deve ser legalizado. A humilhação, as cobranças, o medo, muitas vezes a morte… tudo porque existem pessoas que veem o aborto como crime.

    A mulher tem o direito de escolher – e as leis brasileiras devem ser atualizadas para permitir o aborto.

  10.   Alessandra disse:

    Acho que essa discussão nunca vai ter fim.
    O fato é que sinto muita pena das mulheres sem condições de pagar uma clínica para fazer o procedimento com segurança e acabam se enfiando agulhas de tricô, tomando comprimidos, chás abortivos, socos na barriga e todo o tipo de atrocidades.
    Ou voces acham que isso não existe? vamos deixar de ser hipócritas?

  11.   Fulano disse:

    No mudo de OZ onde o tal Felipe vive nao :P

  12.   Bordeaux disse:

    “Vocês já viram um aborto? Procurem no youtube por aborto e assistam alguns vídeos, e pensem bem no que defendem.”

    Estamos falando de causas sociais e efeitos sociais.

    “A sociedade que nos julga e que faz você se sentir pior Bordeaux é a mesma que quer legalizar o aborto.”

    Definitivamente, nao. Se existe um desprendimento emocional ao criar leis, a sociedade so tem a ganhar, porque a tendencia é sermos imparciais. Isto gera mais conforto no “povo” do que julgamentos individuais.

  13. Numa dimensão onde a vida das mulheres, que já estão aí, vivinhas da silva, vale menos que uma idéia abstrata de um futuro ser humano em potencial.

  14.   Augusto Silva disse:

    Sou totalmente a favor do aborto, a mãe e a família devem estar bem preparadas para receber a criança e dar boas condições de vida a ela. Essas pessoas que são contra o aborto não passam de hipócritas, por que não se preocupam com os meninos de rua ao invés de se preocuparem com quem não nasceu?

  15.   Luís Guilherme disse:

    Conhece Raskolnikoff?

    Aquela velha, sua senhoria, era um peso para ele. Uma angústia. Ele a matou, e ficou paranoico com a possibilidade de ser descoberto. Espero que aconteça isso com todas as mulheres que já cometeram aborto. É o mínimo que devem sofrer por terem ceifado uma vida.

  16.   Bordeaux disse:

    “Espero que aconteça isso com todas as mulheres que já cometeram aborto. É o mínimo que devem sofrer por terem ceifado uma vida.”

    Acho tao interessante esta dialetica em defesa da vida, mas nao adianta, no mundo de hoje soa hipocrita!

  17.   André disse:

    Pra Ana Carolina, eu queria lançar uma proposta…
    Pq vc nao mata, então, sua mãe? Ela é apenas o potencial de uma senhora idosa. Seu pai, também. Você, também. Todos somos, no agora, o potencial de uma vida mais longa. Por que o MAIOR potencial entre todos nós deve ser, justo ele, o primeiro a ser violado?
    Me parece bastante injusto.

  18.   Maria Lucia disse:

    AH! Os machos de plantão que devem engravidar mulheres a abandoná-las são os guardiões da moral. Porque não se oferecem pra cumprir a pena que querem atribuir às mulheresque necessitam recorrer a abortos. A legalização do aborto é um direito das mulheres. Só elas podem decidir o que fazer de suas vidas e seguirem suas consciências. Se não acreditam no princípio da vida desde a fecundação e sim no ser quando ele é desejado e existe um investimentro amoroso para toprnar-se pessoas , sim será um a vida. A legalização do aborto e o seu direito para as mulheres não obriga a quem acredita que um óvulo fecundado já é vida, não vai ser obrigada a fazer aborto. Mas não devemos impor nada às mulheres que sabem o que podem ou não suportar devido a uma gravidez indesejada. Nãoa donata ficarem mandando ver videose fotos de bebes de 4 meses ou mais e dizerrem que é assassinato. Isso é de uma apelação nojenta. A proposta de aborto legalizado nos serviços públicos é até a 12ª semana de gravidez. Até na Itália, terra do Papa, nos EUA, na França e toda a Europa, inclusive Portugal o aborto é legalizado. E não aumentou o número de abortos, ao contrário tem caído porque permite a orientação e o tratamento digno das mulheres. Como disse sabiamente a Irmã e teóloga Ivone Gebara anos atrás: a sociedad e é que é abortiva. Qaundo os anti-aborto recolherem todas as crianças abandonas, maltratadas e oferecidas ao tráfico de pessoas depois que pais e mães e os moralistas de plantão as abortaram após o nascimento e as deixaram na sarjeta poderemos até reconsiderar que sejam equivocadas mas bem intencionadas e debater com esses “pró-vida” de meia pataca que frudam imagens de bebês de sete meses comos e fossem um óvulo fecundado. Tem interesses econômicos, morais: hipócritas!

  19.   Bordeaux disse:

    É verdade, os argumentos pro-vida sao pífios, por isto que a vida hoje em dia não vale nada!

  20.   Roney Belhassof disse:

    O discurso de pessoas como o Felipe e o Luís Guilherme está recheado de ódio contra os que não aceitam suas crenças e não de amor pelo humano em potencial que será abortado.

    Notem que eu NUNCA, JAMAIS vi uma dessas pessoas ou grupo sequer se dispor a adotar essas crianças, muito menos ouvi algum caso deles terem cuidado de uma mãe durante a gravidez e efetivamente terem adotado o filho.

    O foco aqui é o fundamentalismo que impõe aos outros suas regras de moral como forma de sentir-se superior e como forma de exercer poder.

    Caso se preocupassem com as crianças admitiriam a descriminalização do aborto para que as mulheres que optassem por isso pudessem ir a instituições legais onde teriam acompanhamento psicológico e até pudessem ser alcançadas por grupos interessados em adotar seus filhos depois do nascimento.

    Por outro lado quero chamar a atenção para o fato de que a maioria dos argumentos a favor do direito ao aborto soam egoístas e hedonistas demonstrando pouca preocupação com a vida do feto ou mesmo o equilíbrio emocional da mãe e do pai: abortar é uma decisão dificílima!

  21.   Anônimo disse:

    Já que tem gente preocupada com o “ser humano assassinado” no aborto, que fiquem com ele! No meu corpo mando eu e não vou permitir um “Alien” dentro dele sem que eu mesma o tenha convidado. Esse “ser humano” que se defenda sozinho, mas, por favor, saia da minha aba!

  22.   Luís Guilherme disse:

    Não sou machista, por mim, poderia prender todos os homens que coadunaram com abortos também (e dobrar a pena caso tenham obrigado a mulher ao aborto contra a vontade dela). Ademais, Maria Lucia, seu argumento é falhíssimo. Se eu não acredito que a sua vida tem valor, eu posso te matar? É o seu argumento: quem acredita na vida humana dos fetos, não os mate, quem não acredita, pode matá-los.

    Roney, você não sabe nada da minha vida, e nem eu vou expô-la aqui.

    Seja grato à sua mãe não tê-lo abortado, é o que eu faço em relação à minha.

    Anônima de 31/08 às 12:02. Vamos lá. Você concorda com o infanticídio? Deixaria um bebê recém nascido na rua? Esse “ser humano”, que se defenda sozinho. Como diz um grupo próvida.

    Nunca vi uma mulher preta e pobre defendendo o aborto. São sempre as patricinhas da Zona Sul. Os orfanatos querem meninas recém-nascidas brancas, vocês poderiam fornecê-las, elas teriam quem cuidasse. Depois vocês vêm (são sempre os mesmos que defendem o aborto) e criticam quem não pega criança negra. Pelo menos elas não as matam, nem defendem que sejam mortas.

    Sabe o que vocês querem? Limpeza étnica. Primeiro legalizar o aborto, depois obrigá-lo à todas as mulheres faveladas. É o fascismo puro e simples.

  23.   Bordeaux disse:

    “São sempre as patricinhas da Zona Sul.”

    Sim, porque é o meio em que vc vive”

  24.   André disse:

    o Luis Guilherme nao poderia estar mais correto.
    Em tempo: o aborto nos EUA não é permitido. Não sei em que mundo vc vive, mas é só ligar a TV e ver os contínuos escândalos que acontecem por lá por causa desse tema…

  25.   Bordeaux disse:

    A GRANDE QUESTAO DA LEI DO ABORTO É A SEGUINTE:

    As mulheres nao serao OBRIGADAS

  26.   Bordeaux disse:

    A GRANDE QUESTAO DA LEI DO ABORTO É A SEGUINTE:

    As mulheres nao serao OBRIGADAS a abortar, e sim terao o DIREITO DE ESCOLHA!

  27.   IZABELE disse:

    GENTE:

    SOU CASADA HÁ 12 ANOS,MEU CASAMENTO JÁ ACABOU FAZ TEMPO SÓ QUE MORAMOS NA MESMA CASA.POR BURRICE TIVEMOS RELAÇÃO FAZ 3 MESES HJ DESCOBRI QUE ESTOU GRÁVIDA.AMBOS NÃO QUEREM ESSE BEBÊ.JÁ TEMOS UM DE DOIS ANOS E 3 MESES…O QUE FAÇO???? ME AJUDEM.

  28.   IZABELE disse:

    NÃO ME JULGUEM POR FAVOR…SEMPRE FUI CONTRA TIRAR VIDA.HJ PASSO POR ISSO.NÃO TENHO CONDIÇÃO DE PAGAR UMA CLINÍCA SÉRIA.

  29.   naina disse:

    espera ai é o que fazer com o seu corpo,ou o que fazer com uma vida inocemte? pense nisso.

  30.   Michel disse:

    Concordo com Luis Guilherme em todos os sentidos…estou passando um pesadelo por causa da forma de pensar das patricinhas da zona sul…pra elas é tudo muito simples…luto todos os dias para que isso não aconteça…até denunciei para a homicídios de São Paulo, um certo médico com mais de 8.000 abortos, e com dois indiciamentos anteriores…é muito fácil no mudo em que vivemos ostentar o egoísmo e a futilidade…o dia que algum ser humano indefeso for responsável por ATRASAR a vida de alguém, não existe mais a razão dos demais existirem.

  31.   foox disse:

    È facil fazer depois abortar,sou a favor do aborto nos casos de estupro e quando a risco de morte para a mae e o bebe , mas se nao for nestes dois casos vai cuidar do seu bebe pois falta de vergonha nao e motivo para se matar um ser humano indefeso;

  32.   Anônimo disse:

    isto é um crime sem tamanho, para alguns mais para outros é so uma maneira de não ver uma criança sofrendo nas ruas por que não foi desejada principalmente por que os pais da criança resolveram abandonar as maes gravidas

  33.   Anônima disse:

    Não posso dizer que um amontoado de células sofrendo mitoses é um ser humano, se fosse assim um tecido cancerígeno com os 46 cromossomos sofrendo mitosses sussessivas seria um ser vivo? o que quero dizer é que, apartir de um determinando momento, em torno de 3 meses em diante, este amontoado de células passa sim a ser um ser vivo, dotado de sistema nervoso, passando a ouvir e etc… antes disso não consigo ver como um ser humano complexo ao ponto de caracterizar um crime a sua retirada.
    Se no Brasil fosse permitido, não veíamos tantas crianças rejeitadas por ai, sendo jogadas em valas, abandonadas, cuidadas com pessimas condições, contribuindo com a criminalidade. Junto com a legalização do aborto, devería-se ter um programa de educação juntamente com a facilidade de mulheres incapazes de ter mais filhos devido a sua condição financeira, de fazer uma ligadura de trompa, e assim não por mais filhos no mundo. POdemos observar que a maior taxa de natalidade encontra-se em regiões de grande miséria.
    É interessante ver comentários de pessoas defendendo a condução de uma gestação, sendo que muitos não analisam a situação social, de muitas pessoas.
    O triste é que só quem tem uma condição financeira legal, consegue interromper uma gravidez indesejada, e diga-se de passagem… nao trata-se de uma imprudência em determinadas situações, como foi exposto anteriormente, muitas mulheres sofrem de uma gravidez indesejada mesmo utilizando métodos contraceptivos, estes não sao 100%.
    Recentemente encontrei-me nessa situação, e juntamente com meu parceiro, decidimos interromer essa divisao celular no seu 28 dia, embora estivesse com recente circulação simples, não considero uma pessoa, não tem consciência, apenas 48 cromossomos. Oriundo de um método que falhou. Nós mulheres devemos sim decidir, é nosso corpo e é para o resto da vida. Porém discordo de abortos realizados em avançado tempo gestacional.

  34.   Felipe disse:

    Anônima, seu argumento é tão fraco e idiota que sei por que você preferiu não dizer seu nome. Você já viu um câncer virar uma pessoa? Desde pouquíssimas semanas o coração já bate e é possível escutar o batimento cardíaco do bebê. Uns imbecis dizem que a vida começa quando a criança desenvolve o sistema nervoso, outros quando o coração passa a bater, enfim querem definir um momento mas não vão chegar a um consenso sensato pois a vida não é nosso cérebro, nem nosso coração, nem a “consciência”, nem nenhum órgão específico. Se fosse por causa de falta de consciência poderíamos matar crianças até os primeiros ano de idade pois estas não lembram de nada que ocorreu nessa fase e nem sabem quem são. E afinal quem é você pra dizer quem tem consciência ou não, ou ainda quem deve viver ou não deve? Seguindo seu argumento eu poderia matar você também pois a julgo sem consciência. Esse “amontoado de células” sofrendo mitoses minha cara é uma vida no seu primeiro estágio, e é tudo tão perfeito que as coisas vão acontecendo independente de você querer ou não. Você abortou e uma vida deixou de existir por causa de você. Você preservou a sua vontade de decidir quem vive e quem não deve viver, mas não preservou a vontade do seu filho que provavelmente queria viver, não importando se a mãe dele não seria tão boa e amável quanto ele desejaria.
    Sexo é responsabilidade e se querem ser tão donas de seus corpos o sejam antes de deitar-se com homens tão irresponsáveis quanto vocês.

  35.   Tica disse:

    Nos últimos dias têm aparecido por aqui comentários (obviamente falsos) com informações sobre venda de medicamento abortivo. Esses comentários serão apagados sempre que eu tiver tempo.

  36.   Larissa disse:

    Gostaria de ver se os rapazes alienados daqui conseguiriam carregar uma criança dentro de si, passar meses sem conseguir comer por causa do enjôo, deixar de estudar, perigar perder o emprego, deixar de sair, de beber, de fumar (pros adeptos), ter infecção urinária – pq seu útero muda a posição da sua bexiga e ela não esvazia totalmente quando você vai ao banheiro -, ter sangramento nas gengivas, pressão baixa, alterações de humor, na cor da pele, na aparência dos cabelos, no formato do corpo – engordar, literalmente – ter dor nas pernas, problemas de circulação, dores nas costas, dor ao ter orgasmo… E, no fim, ter sua bacia se deslocando 11 centímetros espontaneamente para que uma pessoa saia de lá de dentro. Ah, quase me esqueci, adicione a isso o fato de em geral estarmos sozinhas nessa hora, pois agora seu namorado te chutou e sua família de marginaliza.

    Vocês não fazem a menor ideia do que é estar grávida na hora errada.

    Não vou discutir as consequências emocionais, pois seria de outro planeta se dissesse que me sinto superafim de matar um bebê que não escolheu ser gerado (sim, estou grávida e a hora não é boa), mas desconsiderar a mulher por trás do bebê é como essas mães que deixam de ser pessoas, indivíduos, mulheres enfim, para se dedicar a criação de seus filhos e filhas – e às vezes aos maridos relapsos também.

    Outro detalhe importantíssimo pra eu dizer que a hora é errada é que eu não tenho plano de saúde, e nem terei em breve. O que me dá muito medo de precisar de ajuda a respeito de qq coisa sobre uma criança e não ter nenhuma estrutura pública pra me acolher.

    Enfim, de um modo cruel, se eu estivesse com AIDS eu tava bem melhor.

  37.   Alberto disse:

    O texto é bom. Mas usa alguns argumentos sexistas e desnecessários.
    “Se homem engravidasse o aborto seria legal” é uma frase que ignora a luta de inúmeros homens pelos direitos reprodutivos das mulheres.
    E dizer que todos os homens já usaram pelo menos um argumento contra o uso da camisinha é ofensivo e, novamente, desnecessário.

  38.   Vanessa F. disse:

    Ainda não consigo processar a idéia de HOMENS dizendo como uma mulher deve reagir à gravidez. A Larissa disse tudo quando disse “Vocês não fazem a menor ideia do que é estar grávida na hora errada.” Alguns homens podem até lutar a favor dos direitos reprodutivos das mulheres (como o Alberto), mas não, vocês nunca entenderão (principalmente quando não estão nem tentando). Que tal parar de olhar só o próprio umbigo e dar um pouco de ouvido ao que as protagonistas dessa história têm a dizer, neste caso, AS MULHERES?

    E essa história de que mulheres pobres não abortam é uma grande mentira. Uma das razões pelas quais luta-se pelo aborto legalizado é justamente o número de mães POBRES que morrem todos os dias por causa de abortos mal sucedidos e mal feitos. É só dar uma estudadinha pra conhecer a real dimensão da coisa. Que tal?

  39.   Gi disse:

    OLá, sou enfermeira (me especializando em obstetricia), minha opiniao é que se o aborto fosse legalizado teriamos menos mortes maternas e complicações, pois uma assistencia qualificada e integral a mulher poderia sim beneficiar as mulher suas familias e a sociedade em geral. infelismente é muita utopia imaginar que no caso da legalização teriamos clinicas ou atraves do sus uma assistencia onde pudessemos conversar com a mulher e discutir tal decisão com ela mostrando beneficios em fazer ou não este ato. Sou a favor do direito de decisão, pois não estariamos obrigando ninguem a afzer o que não quer.
    Confesso que há alguns anos se ocorrece comigo uma gravidez eu pensaria em fazer isso, hoje embora ainda sem condições financeiras e não muito estruturada, me sentria mais apta a ter um bebe. Por isso não julgo quem fez ou quem está nessa situação. Só quem passa por isso sabe o que se sente, seja a favor ou contra.
    O aborto ocorre de inumeras formas, os bem sucedidos nunca chegam ao conhecimento publico. posso garantir para vocês que não são só patricinhas que fazem isso, e tambem infelismente, muitas não aprendem e após 2 anos de um aborto (neste caso provocado, com auxilio de sua mãe) exibem para a turma (sala de aula) um exame de gravidez negativo, mostrando-se aliviadas.. ou seja mais uma vez não tomaram o devido cuidado.
    Acredito que a vida começa no momento da concepção, mas segundo estudos antes das 8 semanas o bebe não sente dor, e acredito que no caso de uma liberação dos abortos este deveria ser um tempo limite, embora muitas vezes a gravidez seja descuberta após este periodo.
    Há tem mais uma coisa, muitas mães tem filhos pra ganhar beneficio do governo, e outras usam as crianças para vender, prostituir, largar por ai, entre outras atrocidades. Acho que se você não quer, não deixa a criança sofrer assim… (tá, matar tambem não seria a melhor solução).
    Não sou praticante de nenhuma religiao, mas fui criada como católica e acredito em um ser superior. vamos falar um pouco sobre isso.. a igreja condenava o uso da camisinha e demais metodos anticoncepcionais, o que hoje pra mim é um absurdo. ainda condena o homosexualismo e as celulas tronco (o que axo que precisamos de mais pesquisas sobre tudo isso, visto que são uma esperança para a cura de inumeras doenças). em primeiro lugar precisamos estar cientes que o unico com poder de julgar (qualquer pecado ou ato alheio) é Deus e não nós, que somos imperfeitos.
    Concordo que o homem tambem deveria pagar quando é o pai da gravidez indesejada. realmente na maioria das vezes isso tudo recai para a mulher.
    Dizer que a mulher que fez deve morrer ou ainda ficar pensando se a mae deveria ter abortado… sinceramente antes de a minha mãe fazer as atrocidades que eu citei, eu preferia ta mortinha da silva.
    no caso de estupro, gente é muita maldade fazer a mulher e toda a familia ficar recordando durante 9 meses o episódio horrivel pelo qual a criança foi gerada.
    só uma ultima consideraçãozinha.. no caso de a mulher e a criança estar entre a vida e a morte (seja qual for a razão), sempre se prioriza a vida da mãe.
    Para as mulheres que relataram que estão gravidas, posso dizer que gravidez termina em 9 meses e AIDS é pra vida toda (que ficará bem mais dificil), um filho tras sofrimento mas com certeza tras muita alegria tambem, agora nunca vi uma pessoa comemorar por ter uma DST (Larissa, quando você conseguir aceitar essa gravidez tudo deve melhorar, concordo que só qum tá gravida na hora errada sabe o que você deve estar passando).. mas resumindo, tudo que posso fazer é desejar boa sorte com suas decisões, torcer para o ser superior ilumina-las.

  40.   Jeison (RS) disse:

    A partir do momento que a religião não influenciar mais na opinião própria das pessoas e nem se meter em assuntos que não dizem respeito a elas, já que nunca vi a igreja ficar com os filhos indesejados de milhões e milhões de mulheres todos os anos que abortam e nem pagam pensões e doações mensais as familia, imagine como o mundo estaria hoje e as familias enormes, todos infelizes sem poderem realizarem todos o seus sonhos e os sonhos de seus filhos, por uma gravidez indesejada !?!? E ainda por cima reclamam da violência, do abandono de lar, de roubos, morte de pessoas inocentes que produzem na sociedade, mortas por criança e adolescentes que são mal tratados em casa por serem crianças indesejadas que crescem com problemas psicológicos e pais revoltados por não poderem satisfazer a vontade de seus filhos, pagar uma educação melhor, cursos, passeios, por estarem sempre sem tempo trabalhando e se desdobrando para tentar dar o melhor para eles, se ainda assim acreditam que proibindo irão estar beneficiando a sociedade ou achando serem corretos, como se fossem Deus para achar que podem escolher a vontade dos outros, então são todos Hipócritas, bando de padres e pastores pedófilos, não generalizando, sou a favor do aborto em qualquer circunstância, isso é algo pessoal, um fardo para toda a vida se não feito e mesmo se feito, jamais será esquecido, nenhuma autoridade pode intervir na opinião pessoal, até porque o governo nunca irá manter essa crinça indesejada e o que for pra ser quando morrer se algo existir to pagando pra ver !!! Um salve a todos de mente aberta e também aos hipócritas, de coração !!!

  41.   desconhecido disse:

    bom cada um tem uma opiniao sobre o aborto a varios tipos de se cuidar
    se acontecer uma gravidez indesejada a unica coisa a se fazer e cuidar e amar a criança
    como um ser humano tem a capacidade de tirar a vida de uma criança inocente q acima de tudo e seu sangue muita maldade em um coraçao pois e quando fikei gravida tbm nao tinha condiçoes financeiras nao queria tbm mas tive e o amo muito hoje ele e lindo tem os olhos azul e tem 1 aninho so o fato de ter sentindo ele dentro de mim hoje agradeço a deus por ter me mandado um anjo lindo q encheu a minha vida e a do mu marido de alegria e somos muito felizes sera q compessa ser um assassino pq isso e coisa de quem nao presta na hora de fazer e bom ne mas e a hora de cuidar pense antes de fazer entao se vc nao quer correr o risco de fikar gravida e vc q e homem sera homem de verdade para assumir seus erros e nao de se esconder atraz dele ….

  42.   etiene disse:

    Amei..nossa muito bom
    Posso publicar no meu blog!!!E é claro que darei os devidos creditos!!!!
    Etiene dos Remédios

  43.   etiene disse:

    o que é preciso p participar deste blog!!!??

  44.   flor disse:

    acredito que a decisao deva ser individual, realizada dentro de alguns criterios sempre discutida entre o casal e de preferencia dentro da lei. O corpo é da mulher; o filho é do casal; ambos sabem suas condições financeiras e a que tantas anda o relacionamento…. acredito que a lei brasileira deveria dar o livre arbitrio para o casal.

  45.   Juliano Berquó disse:

    Aborto em caso de estupro nem comento. Deveria ser obrigatório!

    Bem, li quase tudo nos comentários. Acredito, antes de mais nada, que a pessoa tenha a liberdade sobre si desde que não interfira na liberdade de outrem.

    Uma criança se desenvolvendo no útero de uma mulher é uma decisão dela que não afeta ninguém além dela mesma, da criança que viria e do pai desta. Sobretudo, penso que a mulher deve ter o direito de decidir.

    Porém não concordo em momento algum que a mulher deve ter o direito de extrair o “alien” (como imbecilmente eu li ,alguma menina, provavelmente, aí em cima se referenciar a um feto). Ela deve ter o direito de fazer o aborto se for de sua vontade.

    Entendo que a maioria dos argumentos antiaborto é mesmo uma maneira de impôr sua moral e exercer poder, como outro cara aí em cima falou…

    mas…

    Pra quem não sabe, sexo só foi feito para a reprodução, biológicamente falando. Eu não penso sob a ótica do ser humano indefeso, penso sob a ótica do ser humano imbecíl que se dispõe a praticar sexo, seja com qual método anticoncepcional for, e se dispor a abortar. Abrir as pernas pra qualquer babaca pobretão que te encantou é muito fácil, pros dois. Mas na hora que a responsabilidade bate a porta, qualquer desculpa é boa desculpa.

    Falar que é mais uma criança penando no mundo é muito fácil também. Discurso salvador! Queria saber o que essas pessoas fazem de concreto pra acabar com a desigualdade que nos assola até então, fora da ótica do aborto.. o que a menina que falou das péssimas escolas públicas faz para melhorar a educação do país.

    E quantos casos de crianças abandonadas em orfanatos que triunfaram na vida e fizeram da sua estadia no planeta uma passagem muito mais enriquecedora do que qualquer casal de idiotas que decidiu abortar sua criança? Podem ser pouquíssimos mas ninguém deve interferir nisso. Se tantas mulheres defendem tão firmemente o aborto creio que deveria ser legal a decisão. Odiaria ver crianças crescerem nas mãos das mesmas então. TODOS querem levar uma vida fácil e aí qualquer argumento é bom.

    Aqui vejo sim a banalização do sexo, tão presente na mídia e no resto da sociedade, e em consequência da vida humana sim. Sexo é ótimo, quanto mais sujo melhor (!) mas tem seus riscos e suas consequências. Ninguém pode abortar um vírus da AIDS mas pode escolher com quem fazer sexo, como fazer sexo, estando ciente de suas consequências.

    Enfim, aborto legal sim. Mas, pena de quem defende uma prática tão medonha por puro egoísmo e falsa-santidade em favor das criancinhas em escolas públicas de má qualidade. Apesar de ser homem, sempre converso com minha namorada e a gente concorda perfeitamente nesse sentido.

  46.   Renata O.L disse:

    É incrível como as concepções de “certo” e “errado”, carregadas pela sociedade, querem que nos sintamos culpadas só por pensar em interromper uma gravidez, mas ninguém pensa em como crescerá uma criança que não foi desejada?

    “É PECADO! É HOMICÍDIO…”

    Será que mal tratar uma criança não é pecado? Será que não é pecado fazer uma criança que não entende nada de mundo crescer culpada pelas frustrações da mãe? Não é pecado que uma criança se sinta rejeitada?

    Sem falar em outros problemas mais sérios que uma gravidez indesejada pode causar.

    Antes não deixar a criança vir ao mundo, do que dar ao mundo mais um ser para crescer e arrancar filhos amados dos braços de outras mães.

  47.   LIKA disse:

    Vc tomou citotec e naum resolveu??? =O … como assim?? Vc está de qtas semanas??
    eu vou fazer isso na quarta-feira… meo proprio ginecologista vai aplicar pra mim… estou confiante, foi indicação dele msm… e eu penso q todas as mulheres deveriam ter a parceria de seus médicos e a liberdade de escolha de q destino sua vida tomará.
    Pra mim, tdo esse discurso de que é um atentado contra a vida e todos os outros blablablas, são discursos hipócritas de pessoas com visão dominada pelo q diz a igreja e tda akela conversinha e falas prontas.
    Homens, vcs não deveriam estar opinando neste contexto, deixem pra falar qdo se verem na situação de uma gravidez indesejada… deixem vcs de estudar, de festar… engordem vcs, façam sapatinhos de tricô vcs… Tdo isso deve ser maravilhoso qdo esperado, programado… qdo indesejado, a decisão deve ficar por conta da parte menos favorecida, da parte q mais sofrerá com todas as mudanças sociais e físícas.
    Liberdade de escolha para as mulheres…! Não ao falso moralismo…!!

  48.   nanã disse:

    o interessante é ler que os defensores do aborto só falam no direito da mulher blbla mas alguém pensou na vida que cresce sendo ele completamente inocente da irresponsabilidade de seus pais que só pensaram em trepar ,. tenho uma ideia então ao invés de abortar entregue a criança para adoção e tenho outra ideia tambem que todas vc não façam ligadaduras e todos vcs não façam vasectomia simples e sem dor de cabeça . boa ideia né?

  49.   isabelly disse:

    Vamos regularizar o ABORTO…..No Brasil …A proposta de aborto legalizado nos serviços públicos é até a 12ª semana de gravidez. Até na Itália, terra do Papa, nos EUA, na França e toda a Europa, inclusive Portugal o aborto é legalizado. E não aumentou o número de abortos… O nosso precidente deveria sancionar essa lei… ao inves de ter mais crianças jogadas nas ruas… sem familha com fome sem casa cheirando cola… roubando e matando… O Brasil tão rico mais tão pequeno………sinto nojo da minha patria

  50.   patricia disse:

    Sou a favor do abortooooo com certesa…………vamos legalizarrrrrr senhor precidenteeeeeeeeeeeeee… tem muitas coisas que não e legal e o Brasil esta cheiooo

  51.   Jo disse:

    Estou gravida de 27 semanas…serei mae solteira e a opcao foi toda minha! Sim, transei sem camisinha com meu amigo! Ele eh ateu e super a favor do aborto, moramos na Inglaterra, onde eu poderia ter feito aborto ate as 24 semanas de gestacao!!! O que sao 24? Sao 6 meses!!! Esse negocio de abortar so ate as 8 semanas nao existe, aqui vc aborta ate as 24…e vc tem a opcao de pagar ou nao…ou seja se vc quiser ser mais um numero, vc opta p o NHS (servico de saude daqui), se vc nao quer ser mais um numero, vc vai numa clinica particular…eu nao fui abortada, mas fui maltratada quando bebe, tive as pernas e nariz quebrados, queimaduras pelo corpo e entao fui p um orfanato ate ser adotada! E, prefiro mil vezes viver, ser quem eu sou, ter a familia que eu tenho! Volto p Brasil p ter meu filho, pois nao tenho condicoes de ficar sozinha aqui sem o apoio pelo menos da minha mae…mas volto desempregada, sem dinheiro e com um filho… e sem um pingo de arrependimento por nao ter optado por parar a gravidez…e mais, eu cheguei a ir numa clinica particular aqui p saber quantas semanas de gravidez, estava com apenas 7 semanas e as enfermeiras falavam que estava bem cedo…pq se eh cedo assim, vc tem a opcao de so tomar o rmeedio, nao fazer o aborto cirurgico, o q eh desvantagem p clinica, ja q eh metodo mais barato, eles preferiam ate q eu voltasse depois das 12 semanas completas…ah, e o numero de abortos eh gritante aqui, no dia q eu estive nessa clinica, ela estava cheia! E qdo fui na primeira consulta ao meu medico depois de decidir ficar com o bebe, eu recebia parabens e elogios por todos os lados, justamente p prevenir a ideia de aborto, ou meso q eu podendo faze-lo optei por ficar com meu filho…em relacao ao pai dele, nao estamos juntos, ele nao vai me ajudar na educacao (diz que vai, mas eu duvido e tb nem faco questao…) e continua dizendo que qdo o menino crescer, ele vai dizer que queria mesmo que o aborto tivesse acontecido…apenas de nao ter sido planejado, ele esta sendo desejado e sera amado por mim…nao sou rica, nao tenho ideia de como vou educar essa crianca, nao vou maltrata-la, nao vou entrega-la a um orfanato, mas eu digo de novo, toda vez que ele se mexe na minha barriga quando ouve minha voz, eu tenho certeza de que fiz a escolha certa!

  52.   Flor disse:

    Sou a favor do aborto até a 8 semana de gestação. Acredito que quem não se descuidou totalmente saberá que está grávida com 4 semanas, basta estar atenta. Se o ciclo mesntrual já é desregulado , eu não sei mais pra mim a pessoa já é descuidada. E ai acho que devia dar a criança a adoção.
    Mais realmente nenhum método é 100% seguro, e acho que se eu me cuido e algo acontece e eu não posso ter a criança, acho que é meu direito pelomenos poder fazer o aborto em um clínica decente e não ter que usar cytotec falso que vendem ai sem parar na internet, e ai se algo acontecer nem é o aborto e sim algum problema com o feto por que não tinha como pagar uma clínica, tenho encontrado dezenas de casos absurdos na internet vendendo cytotec falso, outra coisa que a maioria das mulheres não sabe é que o cytotec não funciona após a 7 semana de gestação. E ai começa toda aquela tortura..
    nada acontece, e o feto nasce além de prematuro, sem ser saudável.

    Isso tudo tem me deixado muito triste.

    Eu literalmente por pura curiosidade gostaria de visitar uma clínica de aborto.

    Se algum médico que ler isso fizer um aborto, eu gostaria realmente de poder estar presente. Pois acho que se a pessoa busca por isso é pq ela tem seu motivos, só espero que pelomenos o médico não aborte um feto de 4 meses . ai já acho muito sangue de barata.

    obrigada pelo espaço e parabéns , um dos únicos lugares que achei pra falar sobre aborto sem que já saiam acusando e se quer ja passaram algum dia por dificuldade.

  53.   Flor disse:

    ah.. só pra avisar que a tal clínica ai em cima é um golpe. a do email aborto … e a do medicamentos online tb parece ser.. caso não seja, estou disposta a fazer um teste.

  54.   Nadia disse:

    Por favor me enviem o endereço de uma clinica de aborto em SP, ja caí no golpe do remedio falso.
    Obrigada.

  55.   Flor disse:

    Pessoal cuidado total Fraude
    >clinica-aborto@hotmail.com
    > emfermeira_carla
    > medicamentosonline
    > Clara Santos

    Todos os 4 são golpes. Avisado

    bjos

  56.   Mary disse:

    Tica, li o seu artigo sobre clinica seguras que fazem aborto por uma quantia de R$2.500,00. Tenho condições de pagar esse valor ou mais, mas é difícil ter um telefone e um endereço desses locais. Não quero ter que tomar um remédio em casa.
    Você poderia me dar alguma dica?
    Grata

  57.   marcela disse:

    Boa tarde, olha em primeiro lugar quero dizer que essa clinica citada acima assinada pelo Marcos é uma farsa. Ele é o mesmo que usa o nome de Dra Elisa e Dr Andre. Ele te manda um questionario lindo para ser respondido. Fala maravilhas de sua clinica na Bela Vista, ou em Maua ou sei onde mais ele inventa. Ai vc marca consulta pelo e-mail e te manda depositar o $$$. Vc deposita e ele te manda no dia seguinte um e-mail dizendo que a clinica foi denunciada e fechada, mas devolvera o seu $$$$ e some. Nao caiam nessa. Agora eu tenho o contato de 2 clinicas no qual vc liga, marca consulta, ve a cara do medico tudo normal. Ambas trabalham com metodo de sucção.

  58.   Paola disse:

    Gente, não sou contra o aborto, desde q seja feito bem no início da gestação. Pq abortar depois de um bebê inteiro e formado já é assassinato pra mim.Mas mulheres, vamos lá, somos tão informadas e modernas e tal…O que custa previnir? Se acontece pq falhou o método contraceptivo, tudo bem.Mas ficar transando sem camisinha para depois recorrer a aborto como se fosse jogar fora um objeto velho já é demais.Acho que toda mulher deveria ter o direito de abortar uma vez, se fosse necessário.
    Pq mais do que isso é descaso mesmo com a própria vida e com a vida do bebê que esse embrião viria a ser.
    Posso falar com autoridade, porque estou grávida, por descuido, por falta de crença q isso ocorreria.
    E irei interromper essa gestação.Já sou mãe de um filho e não tenho condições de ter outro infelizmente.Estou com um mês, ainda não existe um bebê formado.
    Isso me dá coragem.
    Mas espero em Deus aprender com esse erro e me precaver numa próxima vez, para que isso não venha a acontecer.Se sou inteligente e dona de mim para fazer um aborto, pq não posso ser para me proteger na hora da relação sexual?!
    Pior teria sido se tivesse pego uma aids, não poderia ir lá e “abortar”.
    Então mulheres, errar é humano, persistir no erro, nesse erro, é mais que burrice!
    O legal não é ter orgulho de dizer “fiz mesmo e assumo!”, bacana é poder dizer “nunca precisei fazer pq sempre me cuidei!”
    Infelizmente não vai ser meu caso em breve, mas espero poder dizer “me descuidei, fiz, errei, mas cuidarei para não acontecer novamente.Aprendi ! Cresci com essa lição que a vida me deu”

  59.   cristina disse:

    o corpo é noso

  60.   SUKY disse:

    Boa tarde !!! Pessoas hoje fazem 5 dias que fiz um aborto,tomei cytotec estava com mais ou menos de 5 a 7 semanas .O que sentir foi uma colica menstrual quando fui ao banheiro saiu um sangue e escuro…logo a colica aumentou mais um pouco e saiu o feto e depois sangrei muito….no terceiro dia apos o aboroto ainda saiu um pedaço de coagulo de sangue que provavelmente era o restante do feto estou sangrando até hoje m media quantidade… aminha situação era a pior ,por isso optei fazer o aborto imediatamente.O pai da suposta criança é casado ja tem tres filhos , estou no ultimo ano de faculdade de enfermagem, meus pais nao sabem a existencia do meu relacionamento.Tive todo apoio do meu caso ele quem comprou o medicamento.Engravidei numa vacilada tomei a pilula do dia seguinte ACREDITEM TOMEI CERTINHO 12 HRS APOS A PRIMEIRA PILULA nao menstruei e logo veio a noticia. nao vou negar estou muto frustradas com tudo….terminei o meu relacionamento ontem nao quero mais saber Fui inrresponsavel ele tmb , mais nao tinha como eu seguir uma gravidez nessa situação e os meus pais , seria uma falta de respeito para com eles uma noticia dessas ..ja estava muito enjoada nao aguentava dirigir , mal estar ja esta faltando a faculdade pressao baixa desmaio …eu ja estava sentindo a consequencia da minha inrresponsabilidade….sou a favor do aborto sim ate 8 semanas em situações extremas…pra mim o meu caso estava totalmente fora de cogitação na verdade estva tirnado meu sono estav panico ja tenho 2 filhas uma de 9 anos e 3 anos.MAIS NAO VOU NEGAR É UMA DOR PSICOLOGICA MUITO GRANDE FAZER ISSO…ENTAO EVITEM O QUANTO PODEREM POR QUE AMANHA PODE SER VC …NAO ME ARREPENDO DO QUE FIZ , MASI FICO CONSTRAGIDA OM QUE O FETO POSSA TER PASSADO. ATE MAIS MULHERES FIQUEM COM DEUS……………

  61.   Anônimo disse:

    vc é ridiculo

  62.   Lia disse:

    Olá!
    Numa busca incessante por depoimentos e opiniões sobre aborto, cheguei até aqui…
    E na verdade me ajudou a esclarecer algumas coisas e respeito a opinião de todos contra e a favor.
    Estou com uma situação muito complicada, to angustiada, triste, desesperada. Vou contar aqui parte do meu problema, claro uma consdequencia de irresponsabilidade.
    Bom, tenho 22 anos, fui casada tive uma filha de gravidez planejada hj com 2 anos, me separei do a 1 ano, a cinco meses conheci um rapaz por quem me apaixonei perdidamente, sofri muito por ele, ja sabia q ñ daria certo msm, daí a pouco tempo atras nos vimos pela ultima vez e eu sabia q era a ultima… Dps disso fiquei bem e resolvi por tocar a minha vida e esquecer tudo, agora descubro que estou gravida de 3 semanas, contei pra ele, q disse assumir a Criança e tal, mas ñ a mim, pois esta morando em outra cidade e voltou com sua ex q esta gravida de 8 semanas… imaginem…. na verdade dificil de imaginar, mas ta doendo muito, minha familia é conservadora, pais evangelicos, seria msm uma decepção muito grande.
    Sempre fui contra o aborto, mas nunca me vi numa situação assim, e só quem passa pra saber, penso no futuro… Comprei o remedio, ja que pelo pouco tempo de gestação, acho desnecessario procurar uma clinica.`
    Julgar é facil, entender as vezes é dificil e tomar uma decisão como essa é mais ainda.
    Eu to sofrendo bastante, mas gosto de compartilhar esperiencias como essa, e aceito opiniões, pois a unica ajuda agora é gratuita, palavras…

Trackbacks & Pingbacks

  1. dietas para adelgazar rapido:

    dietas para adelgazar rapido…

    En este blog me encontre algunos tips interesantes sobre dietas, si quieres checalo…

    --30 de abril de 2010 @ 0:55