Trezentos

O início de uma multidão

Senado francês rejeita a lei anti-pirataria.

After a two hour discussion, the law was rejected by the National Assembly with 21 votes against and 15 votes in favor. According to early reports, the Socialist party changed their initial position and decided to vote against the law after witnessing the mass opposition from the French public.

Pois é, a lei que iria obrigar os provedores franceses a “logar” o que os usuários fazem, e que poderia “proibir acesso” a certas páginas (sim, os políticos realmente não têm noção alguma do que é a internet) no país, não passou pelo senado francês. Os Pierres, os Jeans e as Brigittes reclamaram, e o PS (partido socialista) “mudou de idéia”, resolvendo votar contra.
Vão tentar aprovar o barato novamente no dia 27 de abril. Porém, de acordo com os camagadas do TorrentFreak, o que não passou na primeira tentativa não passará na segunda, até porque o povo não vai mudar de idéia daqui pra lá e, pelo visto, eles não são tão habituados assim a criar CCs e comprar deputados só pra aprovar uma lei ou um pacote. Já um membro do partido pirata francês, o Valentin Villenave (link), disse que é comum a bancada Sarkozy repetir uma votação até que ela passe. Resta esperar…

Fonte: ToooooorrentFreak!
Fonte 2 – a missão: Le Monde

Post to Twitter Post to Delicious Post to Digg Post to Facebook Post to MySpace Post to Ping.fm Post to StumbleUpon

1 comentário para “Senado francês rejeita a lei anti-pirataria.”

Trackbacks & Pingbacks

  1. A lei HADOPI | Trezentos:

    [...] Edit: Em nova sessão (?), a assembléia acabou de rejeitar o projeto! Leia mais… [...]

    --9 de abril de 2009 @ 14:06

Deixe um comentário

Spam protection by WP Captcha-Free

URL para trackbackRSS para comentários deste artigo