Trezentos

O início de uma multidão

O PT, A ESQUERDA E O GOVERNO DILMA NÃO TÊM PROJETO PARA A ÁREA DA CULTURA BRASILEIRA

Por Carlos Henrique Machado Freitas

O que tem dado à Ana de Hollanda o direito à eternidade são as condições também de eternidade que em sua trajetória da à máfia da Lei Rouanet e ao cartel Ecad. Estamos vivendo uma experiência nova, pois estamos acordando para perceber que a esquerda, o PT e o governo Dilma não têm perspectiva de futuro para a área da cultura. Infelizmente é esta a nossa realidade histórica. E foi com este material, ou seja, nenhum, que Antonio Grassi veio, ao longo de dez anos construindo as suas alianças justo no território onde a pretensão e a cobiça povoam um espaço deserto de ideias. Por isso e justamente porque é extremamente diversificado que o Cultura Viva é um projeto revolucionário. É revolucionário sobretudo no mundo, não só no Brasil porque a direita que acredita na cultura como representação também do lucro, é que pauta em escala global, o cotidiano de um universo cada vez mais dependente de um sistema único, pobre que busca soluções entre a fantasia e a cultura como valor de mercadoria.

Antonio Grassi alcançou a sua plenitude como homem que, com um jogo primário, fabrica adesões, dentro e principalmente fora do PT. Quando ele entrou na regência desse sistema miúdo, aquela velha cena histórica de artistas decorando a imagem da esquerda valorizando a participação da própria maneira da indústria anunciar seus produtos, o modelo econômico e social da gestão da esquerda estava pronto.

A verdade é que o atual período de crise permanente do MinC reflete isso, uma unidade predominantemente canastrã em obediência ao que foi imposto por anos a fio de um sistema industrial sincronizado com a mídia. Quantas boas frases foram ditas durante a eleição por muitos artistas e intelectuais que não soaram tão forte quanto as que foram ditas no dia do encontro de Dilma com artistas no Teatro Casa Grande? Se havia necessidade daquele encontro? Sim, era o momento de somar forças e simplificar uma ação em prol da candidatura de Dilma. Mas que isso não deixa de ser um simplismo mergulhado na própria ditadura de imagem construída pela mídia, não há a menor dúvida. E é dessa imagem fácil que a esquerda vem nutrindo a fábula de que tem projeto para a cultura.

Talvez este seja um dos grandes problemas da esquerda racional, a de não conseguir ser objetiva em abrir espaço para novas vozes. Imaginem! Num universo de mais de oito milhões de pessoas envolvidas com o programa Cultura Viva, um dos dados mais significativos da era Lula na gestão cultural, Antonio Grassi conseguiu fechar o diafragma num foco em que ele pudesse dominar.

Tenho dito, de forma recorrente, que o território dominado por esse comércio político que hoje representa o MinC, é minúsculo e, em alguns momentos é estrategicamente grosseiro. Não é atoa que a Ministra da Cultura recebe em seu gabinete o vice-presidente das Organizações Globo e, no dia seguinte corre para o palanque em que está Haddad e principalmente Lula, para trabalhar com essa binaridade, já que o PT sequer discute internamente a cultura, que fará expor publicamente este tema.

Nós do PT temos que assumir isto o mais rápido possível. Ao contrário de parecer fraqueza, é o caminho para uma solução. Somente assim zeraremos a conta e passaremos a régua. Porque tudo o que está feito como “solução técnica” ou “solução política” é a realização política da direita fantasiada de esquerda.

A partir do momento que juntarmos os fragmentos soltos para construir uma política de fato consciente e possível, com características claras de um projeto de esquerda, teremos sim um projeto de país. Por enquanto, a nossa presença que mais se confunde com os cacoetes da indústria alimenta as forças socioeconômicas hegemônicas.

Acho que está na hora de criarmos uma motivação concreta, pois essa demanda, satisfeita que está na zona de conforto comandada por Grassi e meia-dúzia de gatos pingados, só não entrou no próprio sistema da globalização cultural porque falta-lhe capacidade. Por isso esse ministério não está em lugar nenhum, está apenas se subordinando ao mercado que nem o próprio MinC do governo Dilma sabe qual é, tal a escassez de ideias registradas nesses quinze meses de uma penosa gestão. Estamos recebendo um abraço de afogado do PSDB e do DEM, pela bóia furada de Antonio Grassi.

Post to Twitter Post to Delicious Post to Digg Post to Facebook Post to MySpace Post to Ping.fm Post to StumbleUpon

6 comentários para “O PT, A ESQUERDA E O GOVERNO DILMA NÃO TÊM PROJETO PARA A ÁREA DA CULTURA BRASILEIRA”

  1.   Márcio Boaro disse:

    Concordo totalmente Carlos.

  2.   Senô Júnior disse:

    Infelizmente é desse jeito. A coisa soa como se apenas meia dúzia de látegos artistas fizessem a produção de arte nesse País .Lotearam um ministério sem importância política nenhuma para o governo dilma e ela o permitiu para calar a boca de parte da classe, provavelmente aquela com maior poder de articulação. O PT não tem projeto para a cultura e se ocorreu algo foi por conta de Gilberto e de Juca, após isso nada mais.

  3.   Antonio Conselheiro disse:

    ACTA num horizonte muito próximo… Dilma se aproxima cada vez mais e mais do ACTA…

    http://observatoriodainternet.br/governanca-da-internet-ganha-importancia-na-agenda-bilateral-brasil-eua

    ——————

    O nome ainda não é mencionado, mas, coforme se sutentava, este papo furado pra boi dormir de “aproximação” com os EUA e “nova parceria para o sec 21″ (entre semi colonia e imperio pai-patrão) os yankees não iam perder a oportunidade de, já que Dilma está totalmente aberta ao controle e apadrinhamento dos norte-americanos (se algum comatoso sair do coma que esteve nos ultimos 2 anos irá se perguntar “PSDB venceu as eleições de 2010 ? É Serra ou Aecio ? vai, me diga, me diga…”) não perderão sua chance de OURO de, aproveitar as circunstancias para emplacar seu ACTA, sem esforço algum. Aí vem Hillary toda sorridente, aproveitando a abertura dada pela Dilma.

    Serim, de BOA, depois dessa, de uma “ex guerrilheira ser ‘best friend forever’ daqueles que foram os algozes da ditadura que o Brasil teve e que foi responsável pela sua própria tortura” e da EXTREMÍSSIMA TRAIÇÃO que Dilma Roussef causou em parte de seu eleitorado e da esquerda (e das promessas de campanha) me SOA meio fantasioso aquela cantilena propagandística que ela foi torturada “mas resistiu bravamente e não entregou companheiros para os torturados”… OU SERÁ QUE A PERSONALIDADE DE UMA PESSOA PODERIA MUDAR TANTO, pela FOME ao poder ?

    Po, se ela TRAIU seu eleitorado SEM NENHUM REMORSO, nos entregando de bandeja ao controle sonhado dos EUA (internet e talz), e DEVE SABER que fez esta escolha e que trairia os eleitores e muita coisa, POR QUE EU ACREDITARIA QUE ELA NÃO TRAIU COMPANHEIROS DA LUTA ARMADA, AINDA MAIS SENDO TORTURADA ? A pergunta é: se ela nos trai DE GRAÇA, pelo poder, não traiu os companheiros ? Ou vai ver nem torturada foi e por isso não teve chance de trair a confiança e entregar os companheiros.

    SABE, estas questões me passam pela mente. ALGO NÃO SE ENCAIXA NESTA MULHER.

    Bom, estamos aí, A TUCANA no poder. E tomamos um TOMBO! Serra e os tucanos devem ROLAR NO CHÃO DE TANTO RIR! Devem repetir “se correr o bicho pega, se ficar o bicho come, QUEM MANDA é os EUA nesta BUDEGA! Semi colonia uma vez, semi colonia sempre”.

    Portugal
    Inglaterra
    EUA

    E gente SONHANDO que teríamos um governo de esquerda, continuista do Lula e que ditaríamos a liberdade e coceitos ineditos, anti-fascistas, respeitadores dos direitos humanose civis, da democracia, em relaçãoá internet!

    VELHO sonho da colonia.

    A ÚNICA COISA que não aguento desta farsa de soberania é porque o EUA não ANEXA o Brasil logo, como fez com os estados que amealhou do Mexico. Talvez o fizessem se fossemos vizinhos. Melhor entregar logo tudo então.

    E OLHA A DIFERENÇA –> Enquanto Dilma ENTREGA O RESTO DE SOBERANIA QUE TEMOS, com esta alinaça maldita com os EUA, com a Hillary vindo saldar a empregada fiel do império e sua nova aliança com o patrão, Christina Kishner, da Argentina, vai em sentido contrário, esquerdisticamente contrário, ao estatizar a companhia de petroleo espanho anunciada ontem…

    Quanta diferença!

    As 2 são mulheres.

    Mas uma é de ultra direita, empregada dos EUA a outra faz o que acha MELHOR para sua sociedade, preservando as reservas estrategicas energeticas do seu pais á rapina externa. Christina disse que a Argentina era autosustentavel em petroleo, mas nos ultimos anos precisava exportar, pq as companhioas não investiam direito no pais (claro, os gringos só querem MOLE… basta ver a Petrobras, entregando poços perfurados com dinheiro publico aos estrangeiros…) e exportavam petroleo que seria dos Argentinos.

    COMO TENHO ORGULHO… DOS ARGENTINOS!

    E BRASIL ? Terra das bananas. Preciso dizer mais ? A pura decadencia.

    Dlma e o ACTA, tudo a ver…

    Enquanto isso alguns esquerdistas AINDA SONHAM que Dilma vai mudar sua politica e os destinos do Minc… COITADOS! São cegos que não veem o que acontece A PLENOS OLHOS, a cm de distancia!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

    ACORDEM!!!!!!!!!!!!!!

  4.   Antonio Conselheiro disse:

    Ah! E o ACTA não é mais o único “grande problema” para nós, para a internet…

    Os EUA, não perdendo tempo, depois de perderem a PIPA e esfriarem a SOPA aprontam uma nova lei (ah, esqueci o nome…) que faz SOPA e PIPA serem brincadeira de criança! O que eles preparam É O VIGILANTISMO DE TODO MUNDO! TODO MUNDO! LEGALMENTE! Sem necessidade de permissão judicial previa, sem NADA, nem precisam de motivos! Pelo PL deles, eles apeas PEDEM TODOS os dados das pessoas que já são grampeada eternamente mesmo e QQ UM pode usar este dado, desde governo até industriais. Durma-se!

    DE BOA, alguem vai querer navegar pela internet sabendo que está sendo vigiado a cada segundo, em tudo que faz e que esses dados se tornarão “públicos” a qq momento ? Seria a MESMA COISA que colocaassem um Big Brother 1984 na sua casa e o governo e o sotto governo (capital, qq semelhança com 1984 não é mera coincidencia…) e te vigiassem 24 horas por dia, igual ao realite da Globo. E “os homens” viriam na sua casa sem previo aviso, por qq besteira, te prender, etc.

    Este é o “extraordinario mundo novo” que essa nova lei (esqueci o nome), que substituirá o SOPA e PIPA, mas 1 trilhão de vezes pior (pq antes eles falavam mais de derrubar sites, agora falam em espionar TODO MUNDO em tempo real, o VELHO SONHO dos maçons yankees… tanto que a NSA pressiona tb por essa lei, e gigantes que antes se oporam ao SOPA, como FAcebook, agora estão a favor dessa lei….).

    Aí eles vem com esse papo e uma Dilma hipnotizada pelos EUA, aí vem ACTA e certamente virá tb essa lei pra cá.

    FASCISMO PURO É BOBAGEM.

    Muita gente CONFUNDE esquerda com liberdade, respeito aos direitos humanos e á democracia.

    Mas existem FALSAS esquerdas, que pelo poder se tornam a pior direita que o capital pode inventar.

    Se isso é esquerda eu sou o fantasma da MAria Antonieta.

    E 2014 Dilma vem aí de novo. Lula doente e nem se pronuncia sobre NADA. Será coincidencia que os tucanos se aproximam cada vez mais do PT ? Ou do FHC visitar Lula ? Não. As agendas estão iguais, e ambos babando os EUA.

  5.   Antonio Conselheiro disse:

    Hoje em dia o que diferencia o ultimo governmo tucano do Ptista atual ?

    Bolsa esmola (como gostam de classificar a direita contra o governo ptista) e alguns investimentos sociais (Minha Casa, etc).

    A unica grande diferença é somente essa.

    Pq de resto as agendas são AS MESMAS. A MESMA babação pelo mesmo chefe (EUA). Hospitais continuam sucateados. Policia continua com o facismo e impunidade. Até ganhamos de brinde uma censura na tv… E ainda tudo pode piorar. Mesma agenda da direita, da ultra direita.

    QUE ESQUERDA É ESSA ? Esquerda de vitrine.

    Pra ESSA “esquerda” violação de direitos humanos se resume, por exemplo, apenas ás rispas sociais de grupos contra grupos (homens x mulheres, hetrosexuais x homosexuais, brancos x negros). Quando se fala de direitos humanos fala-se sobre homofobia, racismo, machismo, etc.

    Se esquecem que os direitos humanos foram criados para proteger o cidadão do Estado, e não apenas para focar em rispas de grupos numa sociedade. As grandes violações, patrocinadas pela policia (grande escala), promotoria (censura), legislativo e executivos (média a grande escala – leis e atos) NADA se fala, como se violações de direitos humanos não fossem. Esses são os direitos humanos ditados pelo capital, pelas elites, pelos EUA: as agressões do Estado e seus agentes nada se fala, é “normal”, somente se focam nas rispas de grupos. Diversionismo, circo.

  6.   Ricardo disse:

    Ainda que isso possa parecer relevante…

    http://www.implicante.org/blog/jose-de-abreu-denuncia-chico-buarque-fez-lobby-pela-irma-no-minc/

    As pessoas parecem não terem despertado, percebido, ainda que tardamente, nos tempos atuais, de hoje, que Ana de Hollanda no Minc não é mais o verdadeiro problema. Mas apenas consequencia de um problema inumeras vezes maior: a ligação de Dilma com os mandames dos EUA, as tentativas de Dilma de recolocar o geocentrismo dos EUA em nossa soberania e que o Minc é apenas consequencia de uma política ultra conservadora de ultra direita, ditada pelo ultra capitalismo, por Washington e seus grupos economicos. Dilma é a esquerda que a direita sempre sonhou.

    Portanto, é preciso TODOS perceberem, desde já, que o problema verdadeiro maior não é Ana de Hollanda e o Mic mas a sra. Dilma Russef. E agora, como vamos LIDAR com isso ? Ainda mais se sabendo da personalidade fechada e ultra durona de Dilma ? Acho mais provável esperar o fm do seu governo para ver que esparadrapos podemos empregar para consertar a trajédia… Porque esperar que Dilma mude é uma ilusão, até por sua personalidade. Mas ela pode ser pressionada.

    O problema, repito, não é a família Hollanda. É a sra. Russef. O PIOR que, depois de assinados estes pactos (com o Diabo), com os EUA, ACTA, mudança radical do direito autoral, controle da internet e censura, o substituto do SOPA (CISPA ? Ciber Security ACT… ?), esses tratados assinados, existe algum novo presidente com CULHÕES O SUFICIENTE (Kishner da Argentina no caso da petroleira espanhola, Chavez peitando as classes internas, por exemplo) para ROMPER, desfazer, estes tratados (anti povo, ati democráticos, ultra fascistas) ? Pq que eu saiba, depois que um presidente assina estes tratados com nosso trazeiro NUNCA vejo um presidente a posterior rompendo estes tratados…. Quer dizer, o que Dilma fazer ferirá a nós eternamente. Sem volta.

    É CLARO que não classifico ESTE sistema (corrupto á ultima medula, apesar de Hillary, com a hipocrita disfarçatez que o seu cargo suscinta dizer que Dilma é “exemplo de combate á corrupção” – que corrupção ? dos políticos ou de chantagens do USA contra a soberania de presidentes de países alheios eleitos ? muita cara de peroba…) como democrático. O que Dilma fez não é democratico. O presidente deveria CONSULTAR a população SEMPRE quando trata de assntos espinhentos que detem muito antagonismo da sociedade e poderá prejudica-la. Não é ocorre, o presidente é eleito e faz o que quiser, inclusive trair seu eleitorado e vender seu trazeiro, levar sua cabeça numa bandeja a grupos minoritários, ao imperialismo, que pede. Fausto e o Diabo.

Deixe um comentário

Spam protection by WP Captcha-Free

URL para trackbackRSS para comentários deste artigo